Meus trabalhos

Artigos Publicados

Uma mulher para a todos condenar: a instrumentalização de Helena para o fim da linhagem dos heróis (2021)

Mythos – Revista de História Antiga e Medieval, vol. 5, n. 2, pp. 165-181

Partindo de uma análise filológica e pautado pela perspectiva de gênero proposta por Joan Scott e pela noção de história do cosmo elaborada por Barbara Graziosi e Johannes Haubold, o presente trabalho analisa a participação de Helena na promoção da Guerra de Troia, que tem por objetivo dar fim à linhagem dos heróis. O que se verá, assim, é a instrumentalização de Helena e os elementos de gênero que se destacam nesse processo. 

A linhagem dos heróis na cosmologia hesiódica (2020)

Rónai – Revista de Estudos Clássicos e Tradutórios, vol. 8, n. 2, pp. 353-374

Este trabalho discute a figura do ἥρως na poesia hesiódica a fim de entender em que consistem o herói e a chamada linhagem dos heróis na cosmologia apresentada por Hesíodo. Para isso, partindo da definição de herói, proposta por Gregory Nagy, como alguém, homem ou mulher, que descende de deuses e mortais, realiza-se uma análise filológica das passagens da Teogonia, do Catálogo das Mulheres e de Trabalhos e Dias em que o termo ἥρως é usado. Mostra-se que o herói é um personagem que pode exercer as funções de fundador, rei e guerreiro, sem que elas sejam mutuamente excludentes, vive em cidades e pratica guerra e navegação, além da agricultura. Enquanto membro da chamada linhagem dos heróis, ele está destinado a morrer, especialmente nas guerras de Tebas e de Troia.

“Áurea Afrodite” e a ordem cósmica de Zeus na poesia hesiódica (2019)

Codex – Revista de Estudos Clássicos, vol. 7, n. 2, pp. 69-80

Após uma breve contextualização acerca da concepção de fórmula, defende-se que a figura de Afrodite, sobretudo quando apresentada sob a fórmula χρυσέην Ἀφροδίτην, é essencial para compreendermos a dinâmica da linhagem dos heróis e da decisão de Zeus pelo seu fim na poesia hexamétrica grega arcaica. Associada à preposição διά, a fórmula teonímica é utilizada em contextos nos quais seres que ameaçam a ordem e o poder de Zeus são gerados, incluindo-se aí a própria linhagem dos heróis.

Dissertação de Mestrado

Catálogo das Mulheres hesiódico e o fim da linhagem dos heróis no epos grego arcaico (2020)

O presente trabalho é um estudo acerca do fim da linhagem dos heróis tal como representado no Catálogo das Mulheres hesiódico, partindo-se do epos grego arcaico no qual se insere essa composição. Para isso, a discussão centra-se no trecho do suposto quinto livro da obra que é composto pelos fragmentos 154-156 Most, o qual apresenta o catálogo de pretendentes de Helena e a decisão de Zeus de promover a Guerra de Troia para destruir os semideuses. Integram também a discussão o proêmio do Catálogo (fr. 1 Most) e outros fragmentos atribuídos ao primeiro livro, a saber, 19-21 Most, que podem ser relacionados à narrativa principal do quinto livro uma vez que dizem respeito, sobretudo, à descendência de Leda e Tíndaro. O estudo é amparado por uma discussão acerca da tradição e do gênero do Catálogo, visando ampliar a compreensão da construção narrativa do quinto livro. A fim de se discutir as possibilidades de sentido que podem ser depreendidas tendo em vista a reconstrução do texto e, sobretudo, sua relação com outras obras do epos grego arcaico, o enfoque adotado foi o histórico-filológico.

Entrevistas e Palestras

O Herói Grego (2021)

Nesse episódio do Papo Lendário, converso com o Leonardo sobre o tema do meu mestrado, explicando a figura do herói grego por meio das narrativas da poesia hexamétrica grega arcaica e pensando sua relação com a modernidade e suas concepções próprias.

A deusa Afrodite (2020)

Em entrevista com a Professora Dra. Semíramis Corsi e com a mestranda Luiza Batú Rubin, ambas da Universidade Federal de Santa Maria, eu falo para o podcast Diálogos Olimpianos sobre Afrodite, a abrangência do seu poder, a influência que exerce sobre nós, seres humanos, e comento ainda as fontes para o seu estudo.

Como se livrar de semideuses: o fim da linhagem dos heróis na poesia de Hesíodo (2020)

Neste episódio do Interlúdios Clássicos, promovido pelo Núcleo de Estudos Clássicos da Universidade Federal de São Paulo (NEC-UNIFESP), partindo de uma contextualização do corpus da poesia hesiódica, falo da caracterização do dos heróis nesses textos e discuto as razões que levam os deuses, especialmente Zeus, a decidirem pelo fim dessa linhagem de mortais, bem como os meios empreendidos para isso e o desdobramento desse processo.

Preparação e Revisão